SÓ TEMOS O ONTEM

 

A vida em pedaços

Vai desbarrancando rio abaixo

No compasso dos boletins das redes sociais

A espera da próxima vítima da onda silenciosa

Aos poucos vão minguando as esperanças

Dos tempos que não temos mais

Agora nos restam o silêncio, a agonia e a solidão

Espasmos, lampejos do que fomos um dia

Só temos o ontem e nada mais.

 

Zola Xavier

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas