DÉLCIO TEOBALDO SEGUIU VIAGEM

 Por  Zola Xavier da Silveira

    Durante as filmagens do documentário Caçambada Cutuba,  Zola Xavier, Delcio Teobaldo e            Toni Nogueira   -  Guajará Mirim - Rondônia -  2009

 

Conheci Delcio Teobaldo quando cheguei a Maricá. Foram vários os encontros que tivemos a conversar sobre a vida. Délcio sabia escutar. Coisa para poucos.

Profissional da comunicação, das artes e da cultura de nossos ancestrais africanos. Cineasta, trabalhou  na TV Brasil, escrevendo roteiros e dirigindo programas. Atuou nos jornais O Dia e  Jornal do Brasil. Etnomúsico, escritor, autor do livro Pivetim, prêmio brasileiro Barco a Vapor, em 2009. 

A seu convite o acompanhei a Ponte Nova em Minas Gerais, numa de suas rotineiras excursões a sua cidade natal. Délcio preservava com carinho suas raízes mineiras. Ele dizia que nasceu no Brasil, mas era antes de tudo Mineiro.


 Delcio Teobaldo no meio entre Carlão e Sérgio Mesquita em Ponte Nova - MG durante uma visita a Secretaria Municipal de Cultura - 2013 


Quando, em 2008, contei sobre o trabalho de campo que havia realizado, colhendo informações sobre o atentado político ocorrido na cidade de Porto Velho – RO, em setembro de 1962, quando uma caçamba da prefeitura invadiu um comício da Frente Popular, ferindo e matando um sem números de vítimas, Délcio de pronto, a queima roupa, falou que tínhamos que fazer esse trabalho. E assim foi feito.


    Délcio Teobaldo em ação,  dirigindo as filmagens do documentário Caçambada Cutuba, com          um dos sobreviventes do atentado político - Porto Velho-RO, 2009.


Foram mais de dez dias de intenso trabalho, percorrendo as ruas de Porto Velho, dirigindo as filmagens do documentário "Caçambada Cutuba – a história que Rondônia não escreveu". Délcio deixou bons amigos em Rondônia, dentre eles as artistas  plásticas  Rita Queiróz, Margot Paiva, o escritor  Antonio Serpa do Amaral, o ativista cultural Carlinhos Maracanã e o memorialista Anísio Gorayeb.



     Anísio Gorayeb, Délcio Teobaldo, Toni Nogueira, Julio Yriarte e Zola Xavier em visita a                 Fundação Cultural de Porto Velho - RO - 2009.


    Zola Xavier, Toni Nogueira, Carlinhos Maracanã, Délcio Teobaldo e o jornalista Silvio Santos         em uma roda na Biblioteca Francisco Meireles - Porto Velho - RO - 2009.


Recentemente, conversamos  sobre o trabalho “Do Congo ao Guaporé”, um musical baseado na saga dos afrodescendentes que chegaram ao Vale do Guaporé. Essa parceria ficou na prateleira.




.

 


Comentários

  1. Conheci Délcio Teobaldo aqui? M Porto Velho nas filmagens do documentário Caçambada cutuba.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas